LETREIRO DIGITAL

O PROJETO INTERLAGOS RETRÔ, É DE CUNHO HISTÓRICO CULTURAL. E TEM A INTENÇÃO DE RESGATAR PARCELAS DA HISTÓRIA, BEM COMO DESTACAR ATUALIDADES DE INTERLAGOS E ZONA SUL DE SÃO PAULO. AGRADECEMOS A SUA COMPANHIA!

PROJETO INTERLAGOS RETRÔ













O Rádio Interlagos Retrô, "um site com alma de rádio" é de cunho histórico cultural.

Esse projeto foi iniciado em Agosto de 2020, tendo a intenção de resgatar parcelas da história da região de Interlagos e Zona Sul da cidade de São Paulo.

Este Blog tem por finalidade, ser um complemento do website radiointerlagosretro.adcast.com.br

Agradecemos a sua companhia!

Trens na Marginal Pinheiros


BELO REGISTRO DA LINHA SUL, DO TREM METROPOLITANO DA FEPASA!

Vídeo com cenas da época da então Linha Sul, do Trem Metropolitano, da extinta Ferrovia Paulista S/A (FEPASA), em meados da década de oitenta. Época em que os Trens operavam apenas entre Osasco e a então nova Estação Largo Treze (Atual Estação Santo Amaro), sem paradas intermediárias entre Santo Amaro e a Estação Pinheiros, já que nessa época, as novas desse trecho, ao longo da Marginal Pinheiros, ainda não haviam sido construídas.

Nessa época, nos idos de 1985/86... os Trens Metropolitanos partiam de Osasco e cumpriam paradas nas Estações Presidente Altino, Ceasa, Jaguaré, Cidade Universitária, Pinheiros e, depois, seguiam direto até a Estação Largo Treze, em Santo Amaro, de onde retornavam para Osasco. 


(Trem Metropolitano da Fepasa, prestes a passar abaixo da Ponte Cidade Jardim.
A Estação Cidade Jardim, ainda não existia... Foto da extinta Fepasa)

Somente a partir de 1987, é que passaram a atender também a Estação Jurubatuba. 

Para alem de Jurubatuba, até Evangelista de Souza, no entroncamento com a Linha Mairinque - Santos, apenas os Trens Cargueiros passavam, indo/vindo do Porto de Santos.

Essa linha, é o Ramal de Jurubatuba, construído na década de 1950, pela então Estrada de Ferro Sorocabana - EFS, com a finalidade de encurtar a rota de seus Trens de Cargas e de Passageiros, que operavam, entre a Capital e RMSP, com o Litoral Sul Paulista e o Porto Santista.

A partir de 1971, com a criação da FEPASA pelo governo paulista, toda a malha da antiga Sorocabana, foi incorporada junto com as de outras quatro companhias ferroviárias, nesta nova estatal.

Trens de Passageiros, entre a Capital (Estação Júlio Prestes) e o Litoral Sul (Santos, São Vicente, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe), correram pelo Ramal de Jurubatuba, até meados da década de setenta. 

Trens de Passageiros Urbanos (Subúrbios) atenderam esse ramal, em alguns horários diários, entre a estação Júlio Prestes e a estação de Colônia Paulista, em Parelheiros, também até os anos setenta. 

Após essa época, o serviço de passageiros neste ramal, foi suprimido pela Fepasa. Ficando o mesmo de passagem apenas aos Trens Cargueiros, que trafegaram por esse ramal, até os anos noventa.


(Trem Cargueiro da Fepasa, no Pátio de Interlagos, atual Estação Grajaú, nos Anos 80.
Foto de Rogério Assalim)

Entre o final dos anos setenta e início dos oitenta, o Rama de Jurubatuba começou a ser remodelado, para a implantação da Linha Sul do Trem Metropolitano da Fepasa, com Trens partindo agora da Estação de Osasco e não mais da Estação Júlio Prestes. E a projeção, era que o serviço, fosse levado, até a Colônia Paulista, em Parelheiros, como era, na época da antiga Sorocabana.


(Mapa do Metropolitano da extinta Fepasa)


A Ferrovia Paulista S/A (FEPASA), foi liquidada e ou entregue a União, nos idos de 1998.

Atualmente o Ramal de Jurubatuba, é em trecho, a Linha 9 Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), operacional entre Osasco e Grajaú. 

A CPTM, criada pelo GESP nos anos noventa, assumiu todo o serviço de Trens Urbanos, da Grande São Paulo. E construiu as novas estações entre Socorro, Santo Amaro e Pinheiros, entre o final dos anos noventa e inicio dos 2000. 

Na década de noventa, havia uma Extensão Operacional Provisória, entre Jurubatuba, Interlagos, Grajaú e Varginha, que havia sido implantada, pela extinta Fepasa. 


(Parada Provisória Interlagos. Imagem do Acervo do Site Estações Ferroviárias do Brasil)

"No trecho rodavam composições do Trem Elétrico Urbano Japonês (Toshiba), da antiga Sorocabana, que foram reformados pela Fepasa. O serviço foi desativado pela CPTM, no início dos anos 2000."


Os serviços dessa linha, no mesmo padrão do trecho Osasco - Jurubatuba, foram levados até o trecho das estações Autódromo, Primavera e Grajaú, entre os anos de 2007 e 2008. 


(Imagens capturadas na Internet, do dia da inauguração da Nova Estação Autódromo, em 17 de Outubro de 2007, dias antes do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, neste ano.) 


Atualmente (2021) o Ramal de Jurubatuba, prossegue em obras de expansão da Linha 9 da CPTM, entre Grajaú e futura Estação Varginha, "em faces de construção". Nova estação essa, que ficará situada antes, de onde ficava a antiga Estação Casa Grande, já inexistente, no bairro de mesmo nome.

Infelizmente, o trecho entre os bairros Varginha, Colônia Paulista, Barragem e Evangelista de Souza, está (em 2021) desativado, tendo já boas parte dos trilhos, retirados. 

Ou seja;
 A segunda ligação ferroviária direta, entre a capital e o litoral paulista, 
depois da primeira ferrovia do estado, a Estrada de Ferro Santos a Jundiaí
segue desativada, em pleno século 21.


Das primitivas estações ferroviárias dessa linha, construídas nos anos cinquenta, restam apenas duas; 

A Estação Jurubatuba, que ao longo dos anos, foi remodelada, se tornando mais uma das estações metro-ferroviárias, da aual CPTM.
 
E a Estação Cidade Dutra, desativada, desde o final dos anos setenta, que permanece existente, até hoje, situada ao lado da atual Estação Autódromo, inaugurada em 2007.


(Trem da CPTM de passagem pela antiga Estação Cidade Dutra. Imagem de Carlos R Almeida)


Sem dúvidas este é um belo vídeo, dos anos oitenta, do Ramal de Jurubatuba!

(Vídeo do Canal Paparazzi Ferroviário. Créditos constam no mesmo, em sua postagem no youtube

Projeto Rádio Interlagos Retrô - Resgatando os bons tempos e parcelas da historia da Zona Sul



MUSEU DOS TRANSPORTES PÚBLICOS GAETANO FEROLLA (Museu da CMTC)


Bela matéria da TV CÂMARA SÃO PAULO, a respeito do Museu dos Transportes Públicos - Gaetano Ferolla, o popular Museu da CMTC, situado na Zona Norte, nas proximidades do Metrô Armênia.

Esse Museu guarda relíquias da história do transporte coletivo urbano, da cidade de São Paulo.

VALE A PENA UMA VISITA! 

Informações podem ser obtidas pelo Site da SPTrans, a gestora desse Museu.

A LINHA DO EXECUTIVO, DA ANTIGA CMTC


 
"Ônibus Executivo da CMTC, que operava a Linha Cidade Dutra - Praça do Correio, via Socorro e Moema."


As pessoas pagavam um valor diferenciado, para o uso desta linha. Mas em contra - partida neste ônibus, só viajavam passageiros sentados, confortavelmente em poltronas estofadas reclináveis. NINGUÉM, IA EM PÉ!

A linha do Executivo da Cidade Dutra, a muito deixou de existir. Mas no local onde era o Ponto Final / Inicial da Linha, estão lá até hoje o Lava Rápido Executivo e Bar ou Lanchonete Executivo, que ostentam este "nome fantasia", alusivos a esta antiga e histórica Linha de Ônibus Executivo.

Na década de noventa, já fase da SPTrans, o antigo serviço Executivo da já extinta CMTC, voltou a operar, com a denominação Transporte Especial, operado por empresas concessionárias do sistema.



Uma das linhas desse serviço, que operou por um bom tempo, entre a região de Interlagos e a região central da cidade, foi a Linha 409 E - Parque Residencial Cocaia, no Grajaú e o Terminal Rodoviário do Tietê, via Corredor Norte Sul (Aeroporto de Congonhas), conforme destaca também a Página Grajaú Tem.


Linha essa que era operada pela empresa Transtur Voyager, que antes, operava outra Linha Seletiva da EMTU, entre Embu Guaçu e Santo Amaro, posteriormente sendo expandida até Metrô Jabaquara.

"Eram duas linhas seletivas intermunicipais, uma via Cipó e Parelheiros, que ia até Santo Amaro e depois foi levada até o Jabaquara. E outra via Estrada do M`Boi Mirim, que foi levada até o Shopping Morumbi.

As mesmas foram suprimidas, ficando a Transtur Voyager operando na época, apenas as Linhas Especiais da Zona Sul, na cidade.

Além da do Parque Cocaia, havia outra para a região do Jardim Ângela, ambas indo até o Tietê."

Hoje essa modalidade de linha de ônibus, tanto a Especial Municipal, quanto a Seletiva Intermunicipal, se ainda existissem, continuariam sendo uma alternativa diferenciada, aos deslocamentos, entre a Zona Sul e a região central na cidade de São Paulo.

(Créditos das imagens, constam nas mesmas!)

Interlagos Retrô, resgatando parcelas da história da Zona Sul.

MB O - 364 CMTC

 


CMTC MB 0 - 364

Ônibus Mercedes Benz, modelo O - 364, da extinta Companhia Municipal de Transporte Coletivo - CMTC, fabricado na década de 1980, na pintura padrão "Mário Covas", o prefeito da cidade, na época da aquisição deste modelo. 

Esse modelo, marcou a sua época, atendendo a diversas linhas da região de Interlagos, Grajaú e Parelheiros, na Zona Sul. 

Esses Ônibus eram confortáveis, com bancos estofados, sendo alguns equipados com "Rádio FM", um luxo pra época.  

Os mesmos chegaram a rodar ate a década de noventa, a exemplo deste na imagem, operando a Linha 675D - Jardim São Bernardo - Vila Mariana.

E você, lembra dele?!... 

(Foto do acervo de Waldemar Freitas Junior, conforme descritivo da própria)

Interlagos Retrô, resgatando parcelas da história da Zona Sul.


Trem TUE Toshiba CPTM, Jurubatuba a Varginha, no ano 2000


A EXTENSÃO PROVISÓRIA JURUBATUBA - VARGINHA, DA FEPASA - CPTM, EM 2000.

Precioso registro da Extensão Operacional "PROVISÓRIA", (Jurubatuba - Varginha), da então Linha Sul do Trem Metropolitano da extinta FEPASA, posterior Linha C Celeste e atual Linha 9 Esmeralda da CPTM.

Embora essa extensão, fosse de caráter provisória, esse trecho do antigo Ramal de Jurubatuba da Sorocabana, esteve sem o serviço de passageiros, desde o final dos anos setenta, época que ficou apenas de passagem aos Trens Cargueiros. E voltou a ter esse Trem de Passageiros Urbano, nos anos noventa, que serviu ao extremo sul da cidade de São Paulo, durante o tempo em que foi mantido.

Infelizmente, diversos atos de vandalismo, fizeram com que o serviço fosse suprimido pela CPTM, no início dos anos 2000. 

Atualmente (2020) o trecho encontra-se em obras de modernização, para o prolongamento dos serviços da atual Linha 9, até o bairro Varginha, novamente.

Mas infelizmente o trecho final do Ramal de Jurubatuba, entre Varginha, Colônia Paulista e Evangelista de Souza, na conexão desse ramal, com a Linha Mairinque - Santos, encontra-se desativado e sem trilhos. 

Esta é a segunda ligação ferroviária, entre a Capital e a Baixada Santista, depois da Estrada de Ferro Santos a Jundiaí.

Esse Ramal foi construído pela Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), na década de 1950.

Trens de Passageiros, correram regularmente por esse Ramal, entre a Estação Júlio Prestes e as estações de São Vicente e Santos e Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe, até meados dos anos setenta.

Trens Cargueiros correram pelo ramal, com destino ao Porto, até os anos noventa.

Atualmente o Ramal de Jurubatuba, é meramente a Linha 9 Esmeralda da CPTM.

Belo registro em vídeo, de Vanderlei Antonio Zago, um dos poucos que se vê, dessa época.

Parabéns, Zago!


Ônibus (1973)


O Sistema de Transporte Coletivo Urbano por Ônibus, em São Paulo, em 1973. 

Reportagem de época que, apesar de destacar as condições do Transporte Coletivo Urbano de parte Zona Oeste, destacando a Linha Pompeia X Lapa, retrata como era a realidade, de modo em geral, na cidade de São Paulo. 

"Com certeza, a situação NÃO era diferente para os que dependiam de Ônibus, nas então longínquas regiões de Interlagos e Santo Amaro..."

* Matéria do acervo da Emplasa.

MINI COOPER INVADE INTERLAGOS: COMO ELA CONSEGUIU?


O inusitado caso da motorista que, "por engano", foi parar com o seu carro de passeio 
na pista principal do Autódromo de Interlagos, com competição em pleno andamento. 

* Vídeo/Matéria do Canal Pr1meiro Stint

Embu Guaçu SP - História da Cidade | 2020



A história da pitoresca cidade de Embu Guaçu, vizinha ao extremo da Zona Sul, 
"Região de Parelheiros", da cidade de São Paulo.

* Vídeo "espelho" de matéria do programa Antena Paulista, da TV Globo.

Cidade Dutra/Na Beira Do Mangue



OS VIRGULÓIDES - CIDADE DUTRA/NA BEIRA DO MANGUE 

Bela inspiração, que, de forma divertida, remete ao cotidiano do centro da Cidade Dutra, ponto de interesse comercial e de convergência das pessoas não só do bairro, como de toda a região.  

"... na Cidade Dutra..."




Uma viagem no Bonde Santo Amaro, em São Paulo



O SAUDOSO BONDE DA LINHA DE SANTO AMARO 

Hoje, em parte de seu traçado, "nos subterrâneos ao atual viário", está a Linha 5 do Metrô.


O ANTIGO HIDROAVIÃO DA REPRESA DO GUARAPIRANGA




 

Belas e raras imagens do antigo Hidroavião, que fazia voos panorâmicos, 

na Represa de Guarapiranga, a anos atrás.... 

Imagens do acervo de Claudio Beltran, postadas do Grupo/Comunidade Cidade Dutra 

Confira matéria à respeito do Hidroavião, nesse LINK


Linha 6L11-10: o caminho da balsa em São Paulo



"A SÃO PAULO, QUE SÃO PAULO NÃO CONHECE..." 

Bela matéria, mostrando a linha de ônibus, que atualmente parte do Terminal - Estação Grajaú da CPTM e vai até a Ilha do Bororé, na região do Grajaú, na Zona Sul da Cidade de São Paulo.

Parabéns a Larissa Teixeira, pelo precioso registro!


Conheça a Ilha do Bororé, refúgio ecológico dentro de São Paulo


A PITORESCA ILHA DO BORORÉ, NA ZONA SUL DE SAMPA! 

Bela Matéria da TV Camarasp, mostrando a pitoresca Ilha do Bororé, na Zona Sul de São Paulo, entre a região do bairro Grajaú e a divisa com o município de São Bernardo do Campo. 

Pela Estrada do Bororé, atravessando as TRÊS BALSAS, é possível ir até o Riacho Grande, em São Bernardo do Campo.  

"NÃO recomendável fazer este trajeto, no período da noite. Mas durante o dia, é um passeio por uma rota de belíssima natureza." 

Projeto Interlagos Retrô, compartilhando parcelas da história, da Zona Sul de Sampa.


ESQUINA DAS AVENIDAS INTERLAGOS E WHASINGTON LUIZ, NOS IDOS DOS ANOS QUARENTA

 

  
BELA IMAGEM DO ANTES E O DEPOIS...

- Por Alceo A. de Oliveira, para o Grupo/Comunidade Cidade Dutra; 

Bifurcação Av.Interlagos esq. e Washington Luiz direita 1940, sentindo bairro

(Foto/Acervo de Alceo A. de Oliveira. Créditos ao mesmo)

Projeto Interlagos Retrô, resgatando parcela da história de Interlagos e Zona Sul de Sampa.


EMERSON FITTIPALDI PILOTANDO UM MAVERICK V8 NO ANTIGO INTERLAGOS - 1973


PARCELA DA HISTÓRIA DE INTERLAGOS

Vídeo com o Emerson Fittipaldi, pilotando um Ford Maverick V8, 
no antigo traçado do Autódromo de Interlagos, em 1973.