LETREIRO DIGITAL

O PROJETO INTERLAGOS RETRÔ, UM SITE COM ALMA DE RÁDIO, É DE CUNHO HISTÓRICO CULTURAL... E TEM A INTENÇÃO DE RESGATAR PARCELAS DA HISTÓRIA DE INTERLAGOS E REGIÃO SUL DE SÃO PAULO... ESTE BLOG, É UM COMPLEMENTO DO WEBRADIOSITE... AGRADECEMOS A SUA COMPANHIA!

Trens na Marginal Pinheiros


BELO REGISTRO DA LINHA SUL, DO TREM METROPOLITANO DA FEPASA!

Vídeo com cenas da época, da então Linha Sul do Trem Metropolitano, da extinta Ferrovia Paulista S/A (FEPASA), em meados da década de oitenta. Época em que os Trens operavam apenas entre Osasco e a então nova Estação Largo Treze (Atual Estação Santo Amaro), sem paradas intermediárias entre Santo Amaro e a Estação Pinheiros, já que nessa época, as novas estações desse trecho, ao longo da Marginal Pinheiros, ainda não haviam sido construídas.

Nessa época, nos idos de 1985/86... os Trens Metropolitanos partiam de Osasco e cumpriam paradas nas estações de Presidente Altino, Ceasa, Jaguaré, Cidade Universitária, Pinheiros e depois, seguiam direto até a Estação Largo Treze, em Santo Amaro, de onde retornavam para Osasco. 


(Trem Metropolitano da Fepasa, prestes a passar abaixo da Ponte Cidade Jardim.
A Estação Cidade Jardim, ainda não existia... Foto da extinta Fepasa)

Somente a partir de 1987, é que passaram a atender também a Estação Jurubatuba. 

Para alem da Estação Jurubatuba, até Evangelista de Souza, no entroncamento dessa linha, com a Linha Mairinque - Santos, apenas os Trens Cargueiros passavam, indo/vindo do Porto de Santos.

Essa linha, é o Ramal de Jurubatuba, construído na década de 1950, pela então Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), com a finalidade de encurtar a rota de seus Trens de Cargas e de Passageiros, que operavam, entre a Capital e Grande São Paulo, com o Litoral Sul e o Porto Santista.

A partir de 1971, com a criação da FEPASA, pelo governo paulista, toda a malha da antiga Sorocabana, foi incorporada, junto com as malhas de outras quatro companhias ferroviárias, nesta nova estatal.

Trens de Passageiros, entre a Capital (Estação Júlio Prestes) e o Litoral Sul (Santos, São Vicente, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe), correram pelo Ramal de Jurubatuba, até meados da década de setenta. 

Trens de Passageiros Urbanos (Subúrbios) atenderam esse ramal, em alguns horários diários, entre a estação Júlio Prestes e a estação de Colônia Paulista, em Parelheiros, também até os anos setenta. 

Após essa época, o serviço de passageiros neste ramal, foi suprimido pela Fepasa. Ficando o mesmo de passagem apenas aos Trens Cargueiros, que trafegaram pela linha, até os anos noventa.


(Trem Cargueiro da Fepasa, no Pátio de Interlagos, atual Estação Grajaú, nos Anos 80.
Foto de Rogério Assalim)

Entre o final dos anos setenta e início dos oitenta, o Ramal de Jurubatuba começou a ser remodelado, para a implantação da Linha Sul do Trem Metropolitano da Fepasa, com Trens partindo agora, da Estação de Osasco e não mais da Estação Júlio Prestes. E a projeção, era que o serviço, fosse levado, até a Colônia Paulista, em Parelheiros, como era, na época da antiga Sorocabana.


(Mapa do Metropolitano da extinta Fepasa)


A Ferrovia Paulista S/A (FEPASA), foi liquidada e ou entregue a União, nos idos de 1998.

Atualmente, o Ramal de Jurubatuba é em trecho, a Linha 9 Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), operacional entre Osasco e Grajaú. 

A CPTM, criada pelo GESP nos anos noventa, assumiu todo o serviço de Trens Urbanos, da Grande São Paulo. E construiu as novas estações intermediárias entre a Ponte do Socorro, Santo Amaro e a Estação Pinheiros, entre o final dos anos noventa e inicio dos 2000. 

Na década de noventa, havia uma Extensão Operacional Provisória, entre Jurubatuba, Interlagos, Grajaú e Varginha, que havia sido implantada, pela extinta Fepasa. 


(Parada Provisória Interlagos. Imagem do Acervo do Site Estações Ferroviárias do Brasil)

"No trecho rodavam composições do Trem Elétrico Urbano Japonês (Toshiba), da antiga Sorocabana, que foram reformados pela Fepasa. O serviço foi desativado pela CPTM, no início dos anos 2000."


Os serviços dessa linha, no mesmo padrão operacional do trecho Osasco - Jurubatuba, foram levados até o trecho das novas Estações Autódromo, Primavera e Grajaú, entre os anos de 2007 e 2008. 


(Imagens capturadas na Internet, do dia da inauguração da Nova Estação Autódromo, em 17 de Outubro de 2007, dias antes do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, em Interlagos, neste ano.) 


Atualmente (2021), o Ramal de Jurubatuba prossegue em obras de expansão, da Linha 9 da CPTM, entre a Estação Grajaú e futura Estação Varginha, "em faces de construção". 
Nova estação essa, que ficará situada antes, de onde ficava a antiga Estação Casa Grande, já inexistente, no bairro de mesmo nome.

Infelizmente, o trecho entre os bairros Varginha, Colônia Paulista, Barragem e Evangelista de Souza, na Região de Parelheiros está (em 2021) desativado, tendo boa parte dos trilhos, "retirados". 

Ainda no início dos anos noventa, chegou a circular, por um curto período, um Trem de Passageiros, de cunho Turístico, entre a Estação Barra Funda e a Estação de Santos da antiga Sorocabana, na Avenida Ana Costa, de passagem pelo Ramal de Jurubatuba, Serra da linha Mairinque - Santos e São Vicente.

 "Esse Trem operava apenas aos finais de semana."


(Trem de Passageiros Turístico, São Paulo - Barra Funda X São Vicente - Santos, operado pela extinta Fepasa, saindo do Ramal de Jurubatuba, dando entrada na Linha Mairinque - Santos, em 1991) 


Das primitivas estações ferroviárias dessa linha, construídas nos anos cinquenta, restam apenas duas; 

A Estação Jurubatuba, que ao longo dos anos, foi remodelada, se tornando mais uma das estações metro-ferroviárias, da atual CPTM.
 
E a Estação Cidade Dutra, desativada, desde o final dos anos setenta, que permanece existente, até hoje, situada ao lado da atual Estação Autódromo, inaugurada em 2007.


(Trem da CPTM de passagem pela antiga Estação Cidade Dutra. Imagem de Carlos R Almeida)


Sem dúvidas este é um belo vídeo, dos anos oitenta, do Ramal de Jurubatuba!

(Vídeo do Canal Paparazzi Ferroviário. Créditos constam no mesmo, em sua postagem no youtube

Projeto Rádio Interlagos Retrô - Resgatando os bons tempos e parcelas da historia da Zona Sul



Nenhum comentário:

Postar um comentário